Cirurgia seguida de Gamma Knife: Solução Para Tumores Pediátricos Difíceis

Caros Doutores Alessandra e Antônio, saudações!


Compartilhar a história do Nicholas com outras pessoas é sobretudo uma declaração de esperança e em tempos de conflitos entre pontos de vista, um alento, pois engloba uma visão técnica/científica do sucesso do seu tratamento, como também uma ação concreta de “Algo Maior” que nos permitiu acreditar.


Há 6 anos que estamos monitorando suas condições de saúde que não o impossibilitaram a levar uma vida absolutamente normal, com apenas a perda da visão do olho direito e as colocações de válvulas em sua caixa craniana. O Nicholas hoje se incomoda mais com as espinhas do rosto que com suas cicatrizes.


As cirurgias convencionais tiveram sua importância na sua recuperação, mas acredito eu, que as duas radiocirurgias recebidas foram determinantes para seu pronto reestabelecimento sem sequelas. Lembro de ele ter feito a primeira sessão de radiocirurgia numa terça-feira e estar em sala de aula na segunda-feira seguinte. Até hoje ele não toma nenhuma medicação ou apresenta necessidades especiais relevantes.


Diante da gravidade da situação que ele chegou para ser cuidado pela esquipe NeuroSapiens e por tudo que ele progrediu com a atenção recebida, só podemos agradecer.

 

Pai do Nicholas

60 visualizações0 comentário